O Pecado Mora Ao Lado (Billy Wilder, 1955)

- por Guilherme Bakunin Tá certo que o Código Hays, a conhecida legitimação da censura no cinema de hollywood, já dava, em 1955, seus primeiros passos rumo à extinção, mas ainda sim certas questões sempre eram postas à margem dos assuntos abordados no cinemão estadunidense como forma de autenticar a praticidade (humanamente inexistente, se me permitem... Continuar Lendo →

Juventude Transviada (Nicholas Ray, 1955)

- por Bernardo Brum Certa feita, John Ford disse que não via muita utilidade no Cinemascope. Segundo ele, tal novo recurso (à época, obviamente) de filmar e projetar só servia mesmo era para filmar cobras ou enterros. Bem, Nicholas Ray teve uma idéia diferente. E a primeira imagem de seu clássico mais famoso é uma... Continuar Lendo →

WordPress.com.

Acima ↑