russ meyer

Considerado um dos diretores responsáveis pela criação do gênero exploitation, Russ Meyer produziu filmes altamente autorais, com custo baixíssimo, linguagem contemporânea à frente do seu tempo, humor tipicamente americano, diálogos maliciosos e atrizes corpulentas. Apesar da diferença de proposta, não chega a ser nenhum absurdo colocá-lo como um dos fundamentais realizadores independentes dos Estados Unidos ao lado de John Cassavetes e Jim Jarmusch.

Faster, Pussycat! Kill! Kill! (1965) – Bernardo Brum [4/5]

De Volta ao Vale das Bonecas (1970) – Bernardo Brum [4/5]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s