– Luiz Carlos Freitas

Trabalho complexo e ousado, tão poderoso quanto intimista, Rastros de Ódio é um daqueles filmes que todos deveriam ver pelo menos umas dez vezes durante a vida (isso, claro, nivelando por baixo). Uma obra-prima que derruba barreiras de gênero, estilo, época e qualquer outra forma de limitação que seja.

John Wayne, John Ford, Monument Valley e aquele que é (discutivelmente) o final mais belo já filmado…  É, não fica dificil entender como o Godard se sentiu …

.

5/5

Rastros de Ódio (The Searchers) – EUA, 1956 – Diretor: John Ford – Elenco: John Wayne, Jeffrey Hunter, Vera Miles, Ward Bond, Natalie Wood, John Qualen, Olive Carey




























Anúncios