Depois de muitos combates internos e uma extensa e dolorosa jornada nas mais obscuras selvas do mundo Torrent, o especial Paul Verhoeven finalmente vai começar. Na próxima semana nos ocuparemos de comentar todos os filmes do diretor holandês que, tendo feito um considerável sucesso dirigindo filmes sobre a Segunda Guerra no seu país, é levado para os Estados Unidos onde começou uma carreira não muito elogiada, voltando para a sua pátria em um retorno bem criticado em 2006, com A Espiã. A carreira de Verhoeven vale a pena de 1985 até 2000? Hollywood realmente derrubou a criatividade desse autor? Seus filmes de segunda guerra são prolixos? No decorrer dos próximos dias, essas e muitas outras questões serão discorridas pelos membros da equipe e por qualquer pessoa que se sentir a vontade para comentar e expressar suas opiniões nos posts. O terceiro (e meio) especial do blog começa amanhã. Até lá.

Anúncios