por Bernardo Brum

Uma das mais reconhecidas contribuições de Rohmer à nouvelle vague, Minha Noite com Ela faz parte dos Seis Contos Morais dirigidos pelo cineasta, filmes onde o cineasta punha à prova e confrontava pontos de vista antagônicos sobre a moral. O filme em questão discute filosofia e matemática, amor idealizado e sorte, fidelidade e liberaridade, às luzes do matemático/físico/teólogo/filósofo Blaise Pascal.

Jean-Louis, ao mesmo tempo que é engenheiro, um homem dos números, também é um homem religioso e extremamente moralista: o tempo todo, Jean diz não aos outros, quando secretamente morre de desejo. Dilema esse que acaba discutindo com todos os outros personagens do filme.

Apaixonado por outra garota católica que sempre vai à mesma missa que ele, um dia ele encontra Vidal, um amigo de infância, que o leva até a casa do seu affair Maud, mulher divorciada, atéia e liberal. Passa duas noites com ela, a primeira interrompida por uma quase-relação sexual impedida pelos dogmas cristãos de Jean-Louis. Quando sai de lá, vai procurar Françoise, a moça da igreja, a quem tenta se aproximar e seduzir.

Apesar de trazer discussões muito interessantes, Minha Noite com Ela tropeça em alguns momentos – as imagens e palavras de Rohmer ainda não estavam tão alinhadas, o que seria corrigido através do exercício e refinamento constante dos seus temas-fetiche – tanto que, da década de oitenta para frente, o cineasta faria de filmes excelentes a veradeiras obras-primas. Fora o final do filme, são poucos os momentos que os diálogos transformam a imagem, assim como ele conseguiu de forma surpreendente em momentos posteriores. Mas, ainda assim, vale à pena toda a profundidade que o cineasta consegue alcançar com tão pouco, tudo baseado em lugares comuns, com pessoas comuns, mas com uma linguagem com muito a dizer, não à serviço do auto-elogio, mas da discussão dos campos intelectuais e sentimentais da sociedade contemporânea.

3/5

Ficha técnica: Minha Noite com Ela (Ma Nuit Chez Maud) – 1969, França. Dir.: Eric Rohmer. Elenco: Jean-Louis Trintignant , Françoise Fabian , Marie-Christine Barrault , Antoine Vitez , Marie Becker

Anúncios